Escolha uma Página
Compartilhe os Colegas!
OAB repudia declaração de ministro por criticar advogados dos Correios
5 (100%) 4 votes

rsz-img-2496--2050900534

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, repudia a declaração do ministro das Comunicações, André Figueiredo, na qual ele afirma que os Correios perdem as ações trabalhistas por corporativismo dos advogados da estatal, que não estariam trabalhando com afinco pelos interesses da empresa.

Lamachia reuniu-se nesta terça-feira (3) com a presidente da Associação dos Procuradores dos Correios, Daniela Schweig Cichy, e declarou apoio aos colegas advogados que atuam no corpo jurídico da estatal. Para o presidente da OAB, declarações como a do ministro ferem a dignidade da profissão e demonstram total incompreensão do valioso trabalho realizado pelos advogados.

Segundo Daniela, a fala do ministro André Figueiredo repercutiu negativamente na instituição, tanto internamente quanto externamente. “Equivale a dizer que não trabalhamos com afinco. Não somos corporativistas. É importante ter o apoio da OAB, por ser uma entidade muito respeitada”, explicou a presidente, que estuda entrar com uma ação de dano moral coletiva contra o ministro.

Para o presidente da ANPEPF (Associação Nacional dos Procuradores de Empresas Públicas Federais), Otávio Rocha, declarações como estas não podem passar em branco, para não abrirem precedentes. “Merece nosso total repúdio. Não iremos tolerar qualquer tipo de depreciação dos colegas advogados. Nos Correios, são os que mais fazem com menos, pois sofrem com péssima infraestrutura e salários”, disse.

Também participaram da reunião Og Pereira, presidente do SINAPE (Sindicato Nacional dos Advogados e Procuradores de Empresas Estatais), e Matias de Araújo Neto, também da APECT.

Caso

No final de abril, em entrevista a jornalista do Diário do Nordeste, o ministro das Comunicações, André Figueiredo, teria afirmado que os Correios estudam contratar escritório de advocacia especializados para lidar com causas trabalhistas, pois os advogados da estatal sempre perdem estas ações por causa do corporativismo e por não trabalharem com afinco na defesa dos interesses da empresa.

fonte: oab
Compartilhe os Colegas!
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com