Escolha uma Página

Não basta conhecer o direito, é preciso ser um profissional de negócios para ter sucesso.

advogada-sentada

Muitos advogados iniciantes têm dificuldades na sua caminhada e poucos entendem a diferença de ser um simples consultor jurídico e de fazer Prática Jurídica, ou seja, empreendedorismo jurídico. Há um constante mal-estar de que advogados “funcionários” ganham mal, e o fato de serem meros fornecedores de serviços legais é um fator a favor dos baixos salários em grandes firmas de renome e também no interior do país. Trabalhar num escritório de renome e grande deixou de significar sucesso entre os iniciantes e formandos, para se tornar sinônimo de trabalho barato quase “gratuito”.

Dessa forma é de grande importância o profissional entender a diferença do empreendedor que faz a Prática jurídica do que vende serviços legais.

Há uma grande diferença entre simplesmente “ser” um advogado e construir uma prática jurídica. Até para advogados autônomos que há anos estão no negócio essa diferença pode ser difícil de ser feita. Abaixo estão seis sinais de que você está construindo uma prática jurídica e não somente se vê num ciclo de fornecimento de serviços legais.

1. Tenha um plano de predominância na área.

Os advogados nadam na corrente e fornecem serviços legais a medida que os problemas aparecem. Contudo, os profissionais com o sério intuito de criar uma prática jurídica desenham um plano para dominar uma indústria em particular. Descobrem quem precisa dos seus serviços e criam um plano para serem a pessoa que o mercado alvo pensa em primeiro lugar quando necessitam de serviços legais em determinados problemas.

icms

2. Seja conhecido.

Estar muito ocupado participando de conferências e tornar-se um líder pensador pode fazer você perder o barco quando se trata de criar uma prática. Advogados com sucesso em criar sua prática, separam um tempo para escrever, falar, e estar no centro de seus espectadores os envolvendo com informações importantes. Se você deseja ser conhecido como um advogado líder no seu campo, você deve tomar tempo para se tornar a pessoa que possui as informações (go-to person). Seja ativo nas redes sociais, faça entrevistas para publicações jornalísticas e conduza workshops e conferências, compartilhando experiências.

3. Resolva problemas.

Bons profissionais fornecem exímios serviços à indústria alvo, porém excelentes profissionais com práticas evoluídas fornecem a resolução de problemas. Se você está construindo uma prática legal vigorosa você está, também, identificando problemas jurídicos comuns na indústria alvo, desenvolvendo soluções que levam em consideração as situações específicas de seu cliente.

4. Tenha um plano de negócios

Até advogados habilidosos podem ficar tímidos ao redor de números. Entretanto, quem deseja ter uma Prática Legal próspera fará prioridade trabalhar os números. O seu mercado alvo é viável? Pode lhe trazer renda suficiente para crescer? Quantas horas você necessita para cobrir suas despesas básicas e gerar lucro? O seu mercado é grande o bastante para você expandir? Essas são as perguntas que você precisa responder se quiser fazer mais que simplesmente oferecer serviços legais para seu nicho.

icms

5. Saiba quando dizer Não.

Nem toda oportunidade realmente parece ser o que parecem. Os profissionais que tem mais sucesso na construção de sua Prática jurídica entendem que algumas “oportunidades” são melhores se ignoradas. Se você deseja sucesso no seu escritório deve saber identificar quando um cliente é mais um problema do que o valor que têm ou quando simplesmente vá custar muito mais do que você ganhará. Entender sua estrutura de preços e finanças do mercado alvo é a chave para saber quando você precisará recusar clientes.

6. Você pode delegar.

Nenhum profissional pode construir uma firma de sucesso e sustentável sozinho. Em algum ponto você terá que delegar trabalhos para outros. Você deve estar disposto e poder delegar tarefas a uma secretária, estagiário ou até outro advogado para trabalhar com você em casos de alta complexidade que demandam bastante tempo.

Administrar um escritório de advocacia requer do profissional a ser muito mais que um fornecedor de serviços jurídicos, deve tornar-se uma pessoa de negócios e empreendedora.

Fonte: Jusbrasil

icms


Recomendado para Advogados

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com